quinta-feira, 10 de agosto de 2017

CHAZEIRA // O enxoval do chá

Eloína Telho
Colunista de Chá do Gastronomix


Vamos incrementar o #momentomágico?

Já falamos de chá; já falamos de tisana. Com o passar do tempo, continuaremos a conversar sobre tudo isso mais especificamente, para provarmos e descobrirmos juntos sabores e sensações. 

Mas, para provar, a gente precisa se preparar... Tem que ter chá (claaaaaaro!), mas também alguns apetrechos pra incrementar nosso momento! É hora de montarmos aos pouquinhos, como diz a minha amiga Gabi, o nosso "enxoval de chá" (eu amo essa expressão!)!

Depois de escolhido o protagonista do momento, chá ou tisana (ervas soltas, de preferência), temos que passar ao aquecimento da água. E esse é um ponto suuuuuuper importante! Lembra que cada chá pede uma temperatura? Então. Para começar, precisamos de uma panela, chaleira ou chaleira elétrica, associadas a um termômetro, para não descuidar da temperatura, que, se estiver errada, pode estragar seu chazinho. Desaconselho usar o micro-ondas, a água esquenta rapidamente, mas costuma esfriar rápido demais também...

Na minha rotina, escolhi usar a chaleira elétrica, por questão de praticidade mesmo. A minha primeira não tinha controle de temperatura integrado; aquecia a água e eu usava o termômetro para ir ajustando a temperatura antes de adicionar o chá. Com o tempo, e ante a quantidade de chás preparados durante o dia, rs!, acabei optando pelas que têm o controle, porque já fica tudo certo em menos etapas, com menos esforço.

No mercado, há vários modelos disponíveis, de bom custo, com e sem controle de temperatura integrado. Se você optar pelo termômetro de uso culinário em separado, também encontra opções a bons preços, daqueles de mercúrio ou mesmo digital.

(Foto: Hamilton Beach)

Sem controle de temperatura, mas já facilita a vida! Se for de material transparente, dá até para acompanhar as borbulhas, caso não queira usar o termômetro. Boas marcas, não tem muito segredo: Cadence, Britânia, Hamilton Beach, Arno, Kenwood...

(Foto: Oster)

Com controle de temperatura digital, mão na roda. Boas marcas que oferecem essa opção: Oster, Cadence, Britânia, Philco, Electrolux, KitchenAid, Tramontina...
(Foto: Tramontina)

Com controle de temperatura, tipos de chás e tisanas, cestinho automático que sobe sozinho, ao final do tempo... É da Tramontina Breville, a Ferrari das chaleiras, nas funções e no preço! Rs! 
 Meu termômetro velho de guerra, de mercúrio. Ele vem com
essa capinha de silicone para proteger de impacto...

... que tem uma "colinha" sucesso com temperaturas mínimas e máximas
de preparo dos chás mais comuns. Comprei na Tea Shop,
pela internet, há uns 2 ou 3 anos. 

Se quiser usar a velha e boa panelinha, sem termômetro, no peito e na raça, também é possível; por aí, encontrei algumas dicas de como saber a temperatura aproximada da água no "olhômetro"; vou descrevê-las a seguir, mas não costumo usar, até porque sou metódica demais para me guiar pelo "aproximada"... Rs! Confesso, sou daquelas que leva o termômetro para as férias, para o caso de ter um chazinho dando sopa no quarto do hotel... #aloka! 

O segredo é observar. Pode até cantar "borbulhas de amor", para se inspirar:

"Olhos de camarão”- Borbulhas minúsculas do tamanho de uma cabeça de alfinete sobem à superfície. A temperatura da água está entre 68°C e 78°C.

“Olhos de caranguejo” - Borbulhas do tamanho do olho de um caranguejo. Começam a surgir os primeiros vapores da água. Temperatura entre 79°C e 81°C.

“Olhos de peixe” - Começamos a ouvir ruídos que indicam que a água está próxima da temperatura de ebulição; formam-se borbulhas ao fundo e a temperatura está entre 82°C e 85°C.

“Colar de Pérolas” - Pequenas fileiras de borbulhas se dirigem à superfície, como um colar de pérolas, temperatura entre 90°C e 96°C.

“Corrente Furiosa” - A água ferve em grandes bolhas, temperatura de 100°C.

(Fonte: https://www.tcompanyshop.com/wiki-t/wiki-t/controlar-la-temperatura-del-agua-sin-termometro/16)

Na próxima semana, passaremos a outros apetrechos essenciais - e adaptáveis! - à hora do chá. Até quinta, vamos conversando. Você tem utensílios que considera essenciais para o preparo do chá? Quais são? Qual você acredita ser o mais indispensável de todos, tipo "se você fosse a uma ilha deserta, o que escolheria levar"? Já sabe que sou curiosa e amo futricar sua vida chazeira, né? 

Ah, se quiser me acompanhar pelo Instagram ou Facebook , costumo postar umas imagens que ilustram na prática tudo o que falamos por aqui, feitas a partir do meu #momentomágico: @chazeira (insta) ou @eloinachazeira (face) . Te espero lá, pra não morrermos de saudade até a próxima quinta, certo?

Beijos e bons chazinhos! :)

2 comentários:

Caroline Menezes disse...

Vou comprar um termômetro urgente!! Estava marcando o tempo pra chegar à temperatura certa....Melhor termômetro mesmo, né?!

Eloína Telho disse...

Eu acho, amiga! Certinho sem estresse! Beijo, querida! ��